O dia em que filmei um carro caindo no canal de Piedade


Todo mundo já escutou histórias de carros caindo dentro do canal de Piedade (ou Setúbal, ou seja lá qual nome ele tenha), mas até agora ninguém tinha presenciado. Se presenciar já é difícil, imagina filmar a coisa toda acontecendo?! Pois foi o que aconteceu comigo e Matheus. Filmamos um chevettinho caindo dentro do canal e você pode assistir no vídeo acima! =D

Oxente! Puta que pariu, véi…
– Teteu

Por que estávamos filmando? Porque Cab achou que seria legal testar o tempo da bateria e qualidade de imagem da câmera que ganhou no campeonato de videogame entre blogueiros da Arena Club Social fazendo um time-lapse do caminho da Praia do Paraíso. O time-lapse ficou uma droga, porque eu inventei de ir na do Zinho e filmar mais o horizonte do que a pista e acabei filmando só céu o tempo todo, além do vídeo acabar antes da parte boa chegar, que é a vista da baía de Suape. Quem sabe numa próxima vez a coisa toda funcione. Mas ei, pelo menos valeu à pena, agora eu tenho um desses vídeos que a gente só ver acontecendo na Rússia ou na televisão assistindo ao jornal local, entre as notícias de assassinatos e as novidades do seu time de futebol, enquanto tomamos café da manhã. Ah! E depois eu coloco todas as cerca de 300 fotos da Praia do Paraíso. Até a próxima e sim, depois dessa eu nunca mais saio de casa de carro sem estar filmando! =P

Graças a vocês (e ao Kibeloco), o vídeo foi assistido mais de 440 mil vezes, tornando-se o 6º mais assistido no YouTube ontem e viralizou até em lugares que nada tem a ver com o fato, como Nova Zelândia e o Japão. Quanto tempo até o “Oxente! Puta que pariu, véi!” virar um jargão internético?! =D

Ah! Muitas pessoas me perguntam (xingando até) porque eu não desci do carro para filmar, a verdade é que, além de faltar o feeling jornalístico, a câmera estava presa ao tripé que tinha colocado no painel do carro. Também teve o fato de Matheus quando foi olhar disse que o crowd era meio punk, se eles soubessem que eu tinha filmado o fato, bem capaz de quererem roubar minha câmera e vender as imagens para o NETV. Ah! E os caras estavam completamente malucos mas saíram do carro numa boa e foram puxados para cima pelo pessoal que parou para prestar socorro, o resgate dos bombeiros chegou uns 10 minutos depois mas acho que nem foi necessário, já que os caras saíram por conta própria do carro. =)

PS: Só hoje eu reparei que Can’t Go Back do Primal Scream estava tocando na hora que o carro mergulhou no canal, saquem esse trecho da música: “Can’t go back, I can’t go back, to the place I was before”. Sério, acho que é mais fácil eu ganhar na mega-sena do que presenciar tantas coincidências acontecendo de uma vez só de novo. =D